Grinding Reactions – Tempo, persistência e Fúria – 2015

Grinding Reactions – Tempo, persistência e Fúria – 2015 Ricardo

Grind Honest e de Qualidade

Peso
Composição
Execução

Summary: Esta banda chama atenção pela qualidade na execução e na composição do trabalho. Sem dúvidas é um ótimo registro do trabalho da banda e demonstra como esta banda ao vivo deve empolgar muito o público.

4.2

Metal Grind

Energia é a primeira coisa que vem a cabeça quando começa a tocar a primeira faixa do EP – Tempo, Persistência e Fúria. A primeira faixa já começa com muita energia. Um grind honesto com riffs de qualidade e compassos motivadores, vocais em português a banda mostra ao que veio.

A composição merece destaque por ter criatividade, utilizando de vários recursos de execução para tornar o resultado da composição em um padrão de qualidade muito bom.

Com uma bateria extremamente bem marcada e variada, acompanhando e trazendo muito peso e em momentos determinados velocidade, as guitarras super bem equalizadas ao ponto de se perceber em detalhe cada palhetada, ficou muito boa a gravação. Os vocais tem uma energia pontual. Letras super bem encaixadas e com palavras fortes fazem parte da retórica linguística, com direito a back vocais em algumas partes. O baixo consistente acompanha e faz o meio de campo entre a bateria e as guitarras.
Mais pro fim do álbum um som mais arrastado demonstra um peso das distorções das guitarras com pegadas abafadas e largadas harmoniosas, backvocals, e uma letra de revolta que reflete a sociedade degenerada e injusta.

Esta banda chama atenção pela qualidade na execução e na composição do trabalho. Sem dúvidas é um ótimo registro do trabalho da banda e demonstra como esta banda ao vivo deve empolgar muito o público.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe seu comentário:

comentários

Related Posts

Leave A Comment