Book Of Wyrms – Sci?-?fi?/?Fantasy (2017)

Book Of Wyrms – Sci?-?fi?/?Fantasy (2017) Ricardo

Doom Stoner Metal

Composição
Execução
Vocais Femininos
Gravação
Peso

Summary: Uma banda com qualidade musical e composições interessantes, agindo bem dentro dos critério do peso ideal para o Doom e Stoner Metal

8

Banda Stoner que vale acompanhar

Este álbum começa com riffs pegajosos e até um pouco básicos de heavy metal com uma roupagem mais pesada, timbres mais pesados do que se pode esperar de uma banda de heavy mais tradicional.
Ao entrar os vocais, doces e suaves da vocalista, já se percebe que a experiência será diferenciada.

Book Of Wyrms é muito legal!

Apesar de estar com algum reverb, a vocalista tem um desempenho de alta qualidade, com uma voz cristalina e fazendo linhas vocais que lembram os clássicos do heavy metal e stoned metal.

A entrada com Letheringwing Bat demonstra uma clara evolução da musica entre os primeiros riffs simples e pegajosos e vão evoluíndo para riffs de maior complexidade e quebradas de tempo na bateria.

O clima e ambientação das composições tem consistência, assegurando uma audição de qualidade. Os timbres são totalmente focados em timbres old school clássicos, e com inclusive efeitos de áudio inseridos durante as faixas.
Infinite Walrus é um ótimo exemplo de consistência. Apesar da faixa ser longa, através de variações e nuances diferenciados na musica, é possível se perceber uma viagem em crescente evolução, chegando perto do experimentalismo musical.

A medida que o álbum vai tocando e as composições vão entrando em nossos ouvidos começamos a ter uma percepção diferenciada, começamos entender os detalhes que tanto enriquecem a execução musical das musicas. Pequenos detalhes constantes, variações, que ajudam a setar climas e microclimas dentro das musicas. Uma arquitetura musical bastante forte, se mantendo firme ao tradicional stoner rock pesadão e com um dos melhores vocais que eu já ouvi no estilo. Suficientemente cristalino para ser até comercial, mas com uma banda pesada e timbres dos mais fortes e podrões.

Nightbong tem umas influências arrabes que mostra bem o desempenho vocal, com variações e gravações de segunda voz criando atmosferas diferentes.
A clareza da gravação também se destaca, permitindo ouvir detalhadamente a performance dos músicos.

O desempenho musical aliado de uma composição que tem bastante influência diferenciada traz um resultado positivo e bastante surpreendente. Sem dúvidas uma banda que vale acompanhar.

 

Tracklist

1. Leatherwing Bat – 0:00
2. Infinite Walrus – 7:54
3. Cosmic Filth – 15:19
4. Nightbong – 20:13
5. All Hallows’ Eve – 27:35
6. Transcendental Migraine – 35:58
7. Sourwolf – 42:08

Para apoiar a banda acesse: https://twinearthrecords.bandcamp.com/album/sci-fi-fantasy

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe seu comentário:

comentários

Related Posts

Comments are closed.