WARSHIPPER: Fechando parceria para lançamento do debut

A banda de Death Metal WARSHIPPER anuncia que fechou parceria com a Lab 6 Records, Brutaller Records e Casa Negra Studios para o lançamento de seu primeiro álbum, previsto para o segundo semestre deste ano. A agenda de gravações começa em fevereiro, quando o grupo fará os primeiros arranjos em estúdio para as músicas. Sobre a parceria, o guitarrista e vocalista Renan Roveran comenta: “A parceria com a Lab 6 vem dos muitos anos de amizade com o Fábio Zperandio, que já trabalhou comigo na época do Bywar com patrocínios, então foi algo natural e muitíssimo bem vindo. Com o André, da Brutaller, foi a mesma coisa, a amizade de longa data somada a sua competência nos levou a fechar mais esta parceria. Por fim, temos o Rafael Augusto Lopes, do Casa Negra, que trabalhou comigo no Estúdio Norcal na época do CD “Abduction”, do Bywar, fechando assim uma equipe de respeito para lançar nosso primeiro álbum completo”.

Ainda sobre o novo trabalho, Renan concedeu uma entrevista para a revista virtual Rock Meeting falando sobre a carreira da banda desde seu surgimento, passando pelas mudanças de formação e o lançamento do EP “Worshippers of Doom”. No bate papo com Pei Fon, Renan explicou como funciona o método de composição das músicas, sua temática e suas influências, além de citar a experiência adquirida que seus integrantes possuem ao ter passado por bandas de renome, como Zoltar e Bywar. “Um dos elementos essenciais para o bom desenvolvimento de uma banda é a experiência, quando utilizada de fato para ponderar sobre os erros do passado e refletir de modo sóbrio quanto ao futuro e perspectivas, assim como buscamos nos espelhar nas experiências positivas e acertos do passado, com nossas bandas anteriores”. O guitarrista ainda ressalta que o WARSHIPPER é uma banda nova no underground nacional, porém, com membros bastante experientes e essa experiência tem reflexo positivo em nossa trajetória.”. O músico ainda aborda as questões tecnológicas que mudaram a indústria musical radicalmente: “as bandas que desejam se manter sólidas devem se adaptar, o que nem sempre é tão fácil. A inovação certamente permeia este cenário de evoluções e não somente no tocante à tecnologia e abordagem das bandas quanto ao tema, mas também no que diz respeito à musicalidade”. 

Para ler a entrevista completa, acesse: https://goo.gl/jg2zfC

E no dia 20/01 o grupo fará seu primeiro show neste ano, no Extreme Noise Fest, em Itapetininga/SP, ao lado de Vulture, Hateful Carnage e Necrobiotic. O evento será realizado no Espaço do Som Rock Bar, localizado na Avenida Cinco de Novembro, 3000, com início previsto para as 23h e ingressos custando entre R$ 10,00 e R$ 15,00.

Para mais informações, acesse: https://www.facebook.com/ExtremeNoiseFestBR/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe seu comentário:

comentários

Related Posts

Leave A Comment